Mary e Max – Uma amizade diferente

Preciso admitir, filme de animação não me pega muito. Tenho alguns preferidos e até arrisco assistir outros por indicação, mas em ultimo caso eu pagaria para ver no cinema ou optaria por eles se tivesse outras opções. Mas aí eu pago língua quando assisto o filme Mary e Max e penso “Gente! Mais pessoas precisam ver isso!”

Uma história de amizade entre duas pessoas muito diferentes: Mary Dinkle, uma menina gordinha e solitária, de oito anos, que vive nos subúrbios de Melbourne, e Max Horovitz, um homem de 44 anos, obeso e judeu que vive com Síndrome de Asperger no caos de Nova York. Alcançando 20 anos e 2 continentes, a amizade de Mary e Max sobrevive muito além dos altos e baixos da vida. O filme é uma viagem que explora a amizade, o autismo, o alcoolismo, de onde vêm os bebês, a obesidade, a cleptomania, a diferença sexual, a confiança, diferenças religiosas e muito mais.

Já adianto que se você está se preparando para ver cenas engraçadinhas e bichinhos encantadores, talvez esse filme não seja exatamente o desejado. Além de ter um visual não muito comum (passam a impressão de serem bonecos de biscuit), as críticas e questões que o filme levantam trazem mais temas para discussão do que é comum acontecer nos filmes de animação.

Como todo bom filme “Mary e Max” também tem bons fãs, e essas são algumas das muitas fanartes adoráveis que circulam pela rede:

“Nós não escolhemos os nossos defeitos, eles são parte de nós e temos que viver com eles. Nós podemos, entretanto escolher nossos amigos e eu fico feliz por ter escolhido você.” (Mary e Max, Uma amizade diferente)

Anúncios

10 comentários sobre “Mary e Max – Uma amizade diferente

    • Provavelmente foi a expectativa que te fez ficar frustada Bruna. Mas tenta ver de novo, com outro olhar, talvez você goste. Se não gostar, fazer o que? Cada um tem um gosto, né? Obrigada pela visita. Beijo.

  1. Adorei a opinião sobre o filme! Já vi algumas vezes e ainda não sei dizer quão maravilhoso é esse filme. Me fez refletir sobre tantas coisas abordando diversos assuntos com delicadeza e simplicidade. Os diálogos, as cartas… É um daqueles filmes que te fazem rir, chorar e refletir por um bom tempo. Vale muito a pena!

  2. Pingback: Mais filmes em 2015 – Março |

  3. Pingback: FIlmes e Redes Sociais |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s