Ser bom para o outro faz bem para o mundo.

man-390339_1280

Existem dois tipos de pessoas boas no mundo. Aquelas que são boas de fato, e as outras que agem como se fossem, para que todo mundo ache que realmente são. Do segundo tipo eu tenho encontrado várias ultimamente. Seja fazendo doações totalmente pretenciosas, ajudando um amigo por interesse, ou gritando para o mundo o quanto se preocupa com as várias questões sociais. E admito, não tenho muito saco para isso.

Outro dia tive um grande exemplo de como a ideia de “fazer bem para o mundo” provavelmente está muito distorcida na mente de alguns. Estava sentada com amigos em um gramado de uma praça onde várias pessoas se sentam, deitam e rolam, e a bicicleta que haviamos usado antes na parte acimentada estava parada ao nosso lado. De repente fomos assustados por uma mulher que começou a gritar e gesticular para todo mundo ouvir o quanto nós éramos imbecís de deixar uma becicleta em cima da grama. Não sei se existe alguma regra que diz que pessoas podem rolar na grama e não podem deixar uma bicicleta parada nela, ou se nós realmente fomos inocentes de não perceber que essa atitude é totalmente errada. O fato é que o objetivo principal da pessoa gritanto enlouquecida alí naquele momento não era educar, esclarecer ou ao menos proteger a grama, era simplesmente dizer: “Olha como eu sou correta, me preocupo com o mundo e não concordo com a maldade que nele está!”

Acredito em pessoas que se engajam em trabalhos sociais, e com certeza não sou do tipo que encontra maldade em qualquer bondade. Mas existem algumas atitudes que claramente são apenas  um grito anunciando o quanto o ser humano pode se transformar para se sentir melhor que o outro. Será mesmo que os gritos e gestos brutos dela surtiram mais efeito que um bom exemplo e uma conversa educada surtiria? Realmente é preciso que o mundo inteiro te veja em ação mesmo você causando mais mal estar do que bem? Ou as coisas mudaram e fazer bem para as pessoas não é mais uma boa forma de fazer bem para o mundo?

Que isso não é novo eu já estou ciente, mas espero muito que um dia possa mudar. Se não, eu ao menos faço a minha parte: Sou melhor para as pessoas para que assim elas sejam melhor para o mundo.

Anúncios

2 comentários sobre “Ser bom para o outro faz bem para o mundo.

  1. Legal seu post! Concordo e muito.
    Ontem assisti uma reportagem sobre uma dentista que trabalhava como voluntária para ajudar animais, fazia tudo da maneira correta para que amigos pudessem ver. Mas, na verdade, fazia parte de um esquema de tráfico! Muito triste isso de querer mostrar ser uma pessoa boa, enquanto que o interior da pessoa é podre! :/
    Um beijo! Adorei conhecer seu blog 😘
    http://www.blogdabarbaraalves.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s